Daniel Alves é acusado de cometer assédio sexual em boate, diz jornal espanhol “ABC”

da pinnacle: O jogador brasileiro Daniel Alves está sendo investigado pela Polícia da Catalunha após uma denúncia de assédio sexual. O caso teria ocorrido na última sexta-feira na boate Sutton, em Barcelona. A informação foi divulgada pelo jornal espanhol “ABC”.

da imperador bet: A equipe do lateral-direito, que atualmente joga pelo Pumas, do México, nega as acusações. A CNN também procurou o jogador. Ele disse que a denúncia não é verdadeira e que “já tomou as medidas necessárias e cabíveis nesta situação”.

Leia mais

Daniel Alves publica texto para criticar “gente que sabe de futebol” Brasil nega extradição de Robinho para Itália, diz advogado da vítima Denúncia contra parlamentar que assediou vereadora em Florianópolis é aceita

O jornal espanhol relata que, segundo fontes da polícia, a mulher que fez a denúncia diz que Alves introduziu a mão por dentro da roupa íntima dela. Espantada, ela teria acionado a equipe de segurança da casa noturna.

Os policiais disseram ao jornal que a vítima estava bastante nervosa e que, após a suposta agressão, não ficou sozinha em nenhum momento. Junto com suas amigas, ela foi levada para um local seguro, ainda dentro da boate. Os responsáveis pela casa, então, chamaram a polícia, que se dirigiu ao local.

Ainda segundo a publicação, quando vítima fez a acusação, o jogador já havia deixado a boate. O jornal procurou a equipe de Daniel Alves, que disse que a informação é falsa. O estafe dele, porém, admitiu que ele esteve na casa por “pouco tempo” e que nada aconteceu por lá.

A polícia catalã abriu investigação sobre o caso e a vítima passou por exame médico em um hospital na região. Ela também prestou depoimento, embora a denúncia ainda não tenha sido formalizada.

(Publicado por Fábio Munhoz)