Neymar diz que assinava os documentos que o pai pedia e que não esteve envolvido nas negociações para o Barcelona

da fazobetai: O atacante do Paris Saint-Germain Neymar afirmou, nesta terça-feira (18), que não esteve envolvido nas negociações para sua transferência ao Barcelona. O jogador e outros oito foram a julgamento na Espanha acusados de fraude e corrupção na transferência do brasileiro, em 2013, do Santos para o clube catalão.

da aviator aposta: “Eu não participei da negociação. Meu pai sempre tomou conta disso e sempre tomará. Eu assino o que ele diz para assinar”, disse.

“Eu sabia de rumores de outros clubes que queriam me contratar, mas meu sonho sempre foi jogar pelo Barcelona e eu tomei essa decisão em 2013, quando saí do Santos e escolhi o Barcelona, o clube dos meus sonhos”.

Leia Mais

Neymar é dispensado após duas horas no tribunal sobre julgamento de transferência para o Barça; brasileiro depõe na sexta Entenda o julgamento sobre a transferência de Neymar para o Barcelona Karim Benzema vence o prêmio Bola de Ouro 2022

Os promotores espanhóis estão pedindo uma pena de prisão de dois anos e multa de 10 milhões de euros para Neymar. Eles também estão buscando uma pena de cinco anos de prisão para o ex-presidente do Barça Sandro Rosell e multa de 8,4 milhões de euros para o clube.

Neymar durante julgamento em Barcelona / 17/10/2022 REUTERS/Albert Gea

O caso se concentra na alegação feita pela empresa brasileira de investimentos DIS, que detinha 40% dos direitos de Neymar quando ele estava no Santos, de que não recebeu sua fatia legítima da transferência do jogador porque o valor do negócio foi subestimado.

A DIS busca uma pena de cinco anos de prisão para Neymar, multas no valor total de 149 milhões de euros e que o atacante seja vetado de jogar pela duração de qualquer sentença proferida.

Além de Neymar, de 30 anos, os réus incluem seus pais, representantes dos dois clubes, os ex-presidentes do Barcelona Josep Maria Bartomeu e Rosell, e o ex-presidente do Santos Odílio Rodrigues.